Eulalia Fernandes - siteocr

 ©R 2016/2019 Comunicação e Participações S.A
Busca
100 GB Free Backup
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Eulalia Fernandes

Viajantes



Tem algo que me incomoda um pouco e queria falar com a mulherada sobre isso, serve de leitura para os homens TB.

Meninas crescemos debaixo da cultura do medo, que faz a gente acreditar que o mundo externo é muito perigoso pra mulheres. Esse é o modo que a sociedade usa pra nós controlar, controlar onde e como vamos.
Viajar é um ato libertador, mas não é só isso. Não podemos parar por aí.
Nosso objetivo como mulheres é poder fazer tudo o que os homens fazem, sem temer! Se é seguro pra eles tem que ser seguro pra nós.

Qdo eu tracei minha primeira viagem acima de 6 mil km, mtas mulheres mesmo sem nunca ter viajado mais que 400 km, vieram me desencorajar, ignorando o fato, de que estáticas, mostram que mulheres morrem mais nas mãos de homens próximos.
E até hj basta mostrar alguns roteiros "incomum" para uma "mulher sozinha" fazer e algumas meninas vem até mim alegando ser perigoso, mesmo que nunca tenha viajado pra lá ou tido alguma experiência em viajar só.
Homens querer nos desencorajar é até compreensível, vivemos numa sociedade machista, mulher não foi educada para voar, mas ver uma garota desencorajado outra é no mínimo intrigante.

Olha, se a gente não ocupar nossos lugares, nunca poderemos estar neles!

Se você não se sente segura em fazer tal coisa, não faça. Tudo no seu tempo! A coragem é uma construção que depende da desconstrução do medo ou da resistência a ele e isso você vai viver acompanhando e não reprojetando em outras mulheres!

Mas se tiver a oportunidade visite um outro país, viaje sozinha, acampe numa praia, num jardim, passe uma pernoite na casa de uma família que não seja a sua, compartilhe um quarto de um hostel... vá de bike, de moto, de avião ou de carona... mas vá... Posso lhes assegurar que é libertador.... Nunca mais vc será aquela que ficou, antes de partir! 🤜🤛

Quando faltar sorte, faça sobrar atitudes.
O azar morre de medo de pessoas determinadas!

Me chamo Eulalia fernandes, eu desejo viver!

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal