Machado Nômade Cães Sarnentos - siteocr

 ©R 2016/2020 Comunicação e Participações S.A
Busca
100 GB Free Backup
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Machado Nômade Cães Sarnentos

Viajantes




                                                                                                                                  Fotógrafo: Marcos de Paula


Nome: Machado Nômade.
Idade: 70 e mais alguns
Motoclube: Cães Sarnentos
Tempo de estrada: Mais de 40
Iníciou no Motociclismo com um lambreta na década de 1970.
Machado Nômade, costuma brincar dizendo ser portador da síndrome de Alzaimer, por não se recordar de tantos amigos, que reencontra nos eventos de Motociclismo.
É um Motociclista muito querido, e solicitado por todos de nosso meio biker.
Muito emotivo, Machado guarda com carinho os brindes que recebe de amigos e Motoclubes.
Foi homenageado recentemente com o prémio Internacional, Motero Ejemplar.

Vejam detalhes do prémio Motero Ejemplar: http://www.siteocr.com/motero.html#motociclistaexemplar






O que mais marcou em sua vida, foi ser presenteado com uma garrafinha contendo, o óleo do Motor da Motocicleta do Profeta.
O óleo no interior da garrafinha, representa os caminhos percorridos, as lágrimas, alegrias, o suor, o sofrimento, e tudo o mais que um motociclista passa ou sente em sua jornada nas estradas da vida.

Machado Nômade comenta que, viajar, é você sentir os gostos, cheiros, conhecer o povo, e suas necessidades. É está em contato com o povo dos locais onde a gente passa.
Se considera muito sortudo por ter se acidentado de Motocicleta, somente uma vez.
É muito metódico, ao ponto de se considerar um chato, é exigente, principalmente com a manutenção de seu triciclo, que ele considera ser mais perigoso que pilotar uma moto.
(Em caso de um acidente, a Motocicleta te lança para fora, no triciclo, o pitolo fica preso a ferragem)

Durante a quarentena do Covid-19 em 2020
Machado Nômade escreveu o sequinte comentário:
CONSTATAÇÃO.
UMA TEIA DE ARANHA EM MEU TRICICLO.
Estou velho. Mais de meio século de vida. 71 anos. 42 anos de moto. Alguns Kms de estrada e, pela primeira vez, no ócio provocado pela quarentena do Corona virus, vejo que, no meu triciclo, tem uma teia de aranha.
Meu triciclo semple teve barro, poeira da estrada, algumas indesejáveis pedras, marcas indeléveis de sua caminhada pelo tapete negro ou pelas empoeiradas estradas do meu País. Mas... teia de aranha? Nunca. Parei para refletir. Demorou um pouco, mas consegui chegar a uma conclusão. Não fiquei em casa só por mim. Fiquei em casa por mim e pelos Irmãos que tanto prazer me deram nessa quase terminada caminhada.
Vislumbrei horizontes. Amanheceres lindos. Tardes encantadoras de rubores indescritíveis, Plúmbeos dias. Ventos quentes e frios. Brisas tão suaves que lembraram eróticos sentimentos.Ha!!! Sei lá quantos magníficos arco iris.Como é bom envelhecer. Os animos se amansam. Os ímpetos se acalmam. E o instinto de sobrevivência se evidenciam. Viver é bom, você diz para você mesmo. Morrer é inevitável. Mas... que morramos na hora certa e não porque negligenciamos a vida, Espero que esse dias tenebrosos passem e possamos desfrutar do convívio dos amigos e amigas que tão bem preencheram nossas vidas. Saudades dos abraços, dos beijos dos momentos que com certeza ainda virão. Cuidem-se. Não quero perder um único momento de desfrutar da sua presença, Irmão.



Vejam algumas obsevações feitas por Machado Nômade:

Machado Nômade: (Motociclismo, é algo muito sério, é cair na estrada, encontrar amigos, e tomar um whisk,
Machado Nômade:
É difícil eleger um local específico. Todos são únicos e apresentam seus encantos.
Machado Nômade
Não tive muitas motos (no total foram 5 - a primeira foi uma Lambretta) mas, a que mais me agradou foi a Honda CB400 II - Desde 2002 estou pilotando um Triciclo By Cristo que muito tem me agradado.
Machado Nômade:
Sempre temos dissabores. O que me decepciona é ver motociclistas não cumprindo as regras e se matando no trânsito. Particularmente não recordo de nada que tenha realmente me decepcionado. Só para comentar nuinca tive uma fratura por conta do motociclismo.
Machado Nômade:
Sou um cara esperançoso. Espero ver mais união entre os Irmãos e menos mi mi mi.

Obrigado Machado Nômade, parabéns por suas conquistas e por manter o espirito do motociclismo que nós da OCR pregamos e defendemos.

Machado Nômade Cães Sarnentos: https://www.facebook.com/machado.caessarnentos

Vejam mais nos seguintes artigos:





 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal