Turismo - siteocr

 ©R 2016/2019 Comunicação e Participações S.A
100 GB Free Backup
Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Turismo

Turismo
Natal Motofest

O intuito de disponibilizar aos visitantes e a população em geral atrativos e potencialidades turísticas diferenciadas na cidade de Natal, consolidada como um dos melhores destinos turísticos do Brasil.
Nesse sentido, moto clubes, grupos e motociclistas independentes em parceria com a Federação das Associações de Motociclistas do RN (FAM - RN), unem-se num esforço coletivo para elaborar esse grande evento com a participação de pessoas ligadas a essa modalidade esportiva, não apenas no RN, mas também das diversas regiões do Brasil, visando o resgate de uma tradição esquecida ao longo do tempo, uma vez que a cidade de Natal foi pioneira em encontros de motociclistas do Nordeste.
Durante o evento serão realizadas palestras sobre a temática, cursos de aperfeiçoamento, estandes de vendas de produtos, feira de artesanato, gastronomia, expositores de acessórios motociclísticos e atrações musicais para animar o público presente.


Rota do Sol Natal/RN 060

Não temos muito o que comentar, é uma rota  que leva esse nome devido as paisagens exulberantes, com  muitas praias e que deve ser percorrida com cautela devido aos animais.
É uma importante rodovia de Natal no Rio grande do Norte. Com uma extensão de 52,89 km ela inicia na zona sul de Natal, na Avenida Engenheiro Roberto Freire passando pelas praias de Pium, Cotovelo, Pirangi, Búzios, Tabatinga, Camurupim e Barreta, além de vários outros municipios do estado, tais como Ponta Negra, Pirangi do Norte, Pirangi do Sul, Barra de Tabatinga, Camurupim, Porto, Nísia Floresta e Parnamirim ligando várias praias do estado, e terminando na ligação com a BR-101, em São José de Mipibú.

Natal é um município brasileiro, capital do estado do Rio Grande do Norte, Região Nordeste do país. Pertence à Mesorregião do Leste Potiguar e à Microrregião de Natal. Com uma área de aproximadamente 167 km², é a segunda capital brasileira com a menor área territorial (maior apenas que Vitória, capital do Espírito Santo), fazendo desta a sexta maior capital do país em densidade populacional, distando 2 227 quilômetros de Brasília, a capital federal.





Fundada em 1599, às margens do Rio Potenji, a cidade é conhecida mundialmente[14] e conta com importantes monumentos, parques e museus e pontos turísticos, como o Teatro Alberto Maranhão e a Coluna Capitolina Del Pretti, no Centro Histórico, além de outras atrações como a Ponte Newton Navarro, o Museu Câmara Cascudo, o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, o Museu de Cultura Popular, o Parque das Dunas, a Catedral Metropolitana e praias como Ponta Negra e dos Artistas,

e eventos de grande repercussão, como a Feira Internacional de Artesanato (FIART), o Carnatal, as festas juninas e as comemorações natalinas. É também conhecida como a "Capital Espacial do Brasil", devido às operações da primeira base de foguetes da América do Sul, o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, hoje localizada no município limítrofe de Parnamirim.

Historicamente, a cidade teve grande importância durante a Segunda Guerra Mundial em 1942 durante a Operação Tocha, já que os aviões da base aliada americana se abasteciam com combustível no lugar onde durante muito tempo foi o Aeroporto Internacional Augusto Severo, sendo classificada como "um dos quatro pontos mais estratégicos do mundo". A capital potiguar foi também uma das doze sedes da Copa do Mundo de 2014.

De acordo com a estimativa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016, a população do município é de 877 662 habitantes, sendo o décimo nono município mais populoso do país e sua região metropolitana, formada por outros onze municípios do Rio Grande do Norte, possui uma população de pouco mais de 1,5 milhão de habitantes,[nota 1] formando a quinta maior aglomeração urbana do Nordeste e a décima nona do Brasil.[15]
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal