27 de julho dia do Motociclista - siteocr

    
Ir para o conteúdo

27 de julho dia do Motociclista

Informações


Fotógrafo: SplitShire
 Dia do Motociclista, Uma homenagem à coragem e ao legado de Marcus Bernardi
Quando um espírito corajoso se une à paixão por duas rodas, nasce um motociclista — uma criatura destemida que desbrava as estradas e escreve histórias de liberdade e aventura. Com a mesma coragem, todos os anos, comemoramos o Dia do Motociclista, uma celebração que transcende as leis e ganha um significado próprio no coração de cada entusiasta, inspirada na memória daquele que se tornou uma lenda, Marcus Bernard.
Em 27 de julho de 1997, infelizmente perdemos Marcus Bernard, um piloto e mecânico da Honda cujo espírito contagiante conquistou os corações de toda a comunidade Motociclista. Seu falecimento deixou um vazio, mas também plantou a semente da homenagem eterna.

Fotógrafo: SplitShire
No início da década de 1980, o nobre deputado federal Alcides Franciscatto decidiu transformar a dor da perda em um legado inspirador. Ao ingressar na Câmara, propôs a oficialização do Dia do Motociclista em todo o Brasil. Assim nasceu o projeto de lei 6187/1982, que visa tornar o dia 27 de julho um marco simbólico eterno para todos os que sentem as estradas pulsar em suas veias. No entanto, o projeto de lei, foi arquivado sem aprovação.

Apesar das dificuldades encontradas para aprovação do projeto de lei, do deputado federal Alcides Franciscatto, a data não deixou de ser celebrada com fervor e gratidão. Na verdade, a paixão e o espírito do Motociclismo transcendiam a mera formalidade da lei. A Associação Brasileira de Motociclistas (Abram) reconheceu a importância histórica do projeto e abraçou a nobre causa, e desde 2000 passou a promover com ainda mais vigor o Dia do Motociclista.

O Dia do Motociclista não é apenas um momento de comemoração. Esta é uma oportunidade para todos os setores da sociedade abraçarem a questão da conscientização e educação no trânsito. O deputado federal Alcides Franciscatto percebeu que havia um estigma injusto contra os motociclistas e partiu para mudar essa percepção. Os motociclistas não são apenas aventureiros destemidos, são cidadãos corajosos que decidiram desafiar o status e trazer a motocicleta para as ruas das cidades, elas desempenham um papel importante no trânsito do nosso país.
Esta data não é apenas uma celebração da coragem individual, mas um apelo à responsabilidade coletiva. Isso inclui todos os motoristas, independentemente do veículo escolhido, pois, todos compartilhamos as mesmas estradas. É um lembrete de que a segurança e o respeito mútuo devem sempre vir em primeiro lugar.
Assim, o Dia do Motociclista deve ser um convite constante à celebração da vida, da liberdade e da fraternidade nas estradas. Que cada piloto seja uma fonte de inspiração, guiando-nos com sua coragem, paixão que nem mesmo o arquivamento do projeto-lei, não nos impeça de trilhar novos caminhos e honrar o legado de Marcus Bernard, que mora em cada curva, em cada aceleração, no coração de cada motociclista.
Juntos, como uma Irmandade de espíritos livres, vamos fazer de cada dia uma nova viagem, onde os pilares do Motociclismo; Honra, Irmandade, Igualdade e Respeito, prevalecem.
Assim, cada vez que andamos de moto, lembramos ao mundo que somos uma irmandade unida e responsável, pronta para enfrentar com determinação todos os desafios que a vida nos lança.  

TAMUJUNTU!
                                                                 Hiasmyn Fernanda
Piloto mirim OCR




Alguns comentários aqui apresentados, são de responsabilidade de seus autores, não representam a opinião deste site. Algumas imagens aqui apresentadas, são de nossa autoria, ou, adquiridas de terceiros e gratuitas em sites da internet. Havendo algo que viole direitos autorais, entre em contato.
Voltar para o conteúdo